“Setembro Amarelo” faz alerta sobre o aumento de casos de suicídio

A Secretaria de Saúde, através do Programa de Saúde Mental de Rio Bonito, realizou uma Caminhada pela Valorização da Vida, na quarta-feira (26). A ação aconteceu em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção e alerta sobre a realidade do Suicídio. A Caminhada,  que percorreu as ruas do Centro até a praça Fonseca Portela, teve o objetivo conscientizar a população sobre a importância do combate às causas do suicídio que é um problema de saúde pública, que precisa  ser discutido para encontrar formas de evitar o problema.

Segundo levantamento feito pela Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 800 mil suicídios são registrados por ano, resultando em uma média de um óbito a cada 40 segundos. No Brasil, apenas no ano de 2016, estima-se uma média de 31 mortes por suicídio por dia, totalizando mais de 11 mil pessoas que atentaram contra a própria vida, de acordo com dados sobre tentativas e óbitos por suicídio divulgados pelo Ministério da Saúde na última quinta-feira (20). O país figura em oitavo lugar no hanking de países onde as pessoas mais se suicidam.

 

O levantamento foi feito pela primeira vez em 2017, com dados sobre os suicídios ocorridos em 2015. A finalidade do estudo é estabelecer as principais causas dos atentados à própria vida, grupos de risco e métodos utilizados, para uma prevenção mais efetiva que possibilite o cumprimento do acordo com a OMS de reduzir o número de suicídios em 10% até 2020.

Prevenção e ajuda – Caso você esteja sofrendo de ideações suicidas, ou conheça alguém que pode estar passando por esse momento, uma das opções de atendimento emergencial em caso de crises iminentes é o Centro de Valorização da Vida (CVV), que possui acolhimento gratuito por telefone no número 188 e pelo chat do site. Entretanto, como o CVV é uma iniciativa sem fins lucrativos que depende de prestadores de serviços voluntários para atender à demanda, nem sempre é possível conseguir atendimento rápido por lá. Uma alternativa para situações de emergência é recorrer aos Centros de Atenção Psicosocial (CAPS), presentes em todos os municípios e com atendimento público associado ao Sistema Único de Saúde (SUS). Em Rio Bonito, o CAPS Dr. CLEBER PAIXAO funciona na Rua Vital Brasil, 90, no Centro. Informações podem ser obtidas pelo telefone 2734-2488.

Texto: Denilson Santos

Fotos: Galileu

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais notícias

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Rio Bonito - RJ

20°C
Scattered clouds

Menu

Atos Oficiais

Notícias

Busca

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura