Rio Bonito passa a integrar a Rede Brasileira de Trilhas

O projeto Trilha Caminhos de Rio Bonito, realizado em parceria entre as secretarias de Turismo, Meio Ambiente e Esporte e Lazer para a implantação da nova sinalização turística do município, começou a ser posto em prática. Neste sábado (2), o prefeito Leandro Peixe participou de um workshop de planejamento e sinalização de trilhas, realizado na localidade de Tomascar, e ministrado por membros da Rede Brasileira de Trilhas, uma ferramenta de uso público a serviço da conservação ambiental, que tem o objetivo de conectar por trilhas as Áreas Protegidas do Brasil.

Em seguida, foi realizado o lançamento oficial da Trilha Caminhos de Rio Bonito, com a colocação da sinalização do primeiro trecho dos atrativos turísticos locais, em Tomascar, com a presença do vice-prefeito, José Américo (Meco) e dos secretários municipais Bernardo Oliveira (Esporte e Lazer), Murilo Balbino (Meio Ambiente), Janderson Muniz (Cultura e Turismo), entre outros.

O projeto insere o município na rede que liga o País de Norte a Sul, por meio de caminhos com diferentes biomas. As trilhas de longo curso do Brasil, além de projetadas para serem bonitas e muito prazerosas, estão sendo pensadas para gerar emprego e renda no seu entorno e, sobretudo, funcionar como ferramentas de conservação.

A Pegada – A sinalização das trilhas da REDE foi disciplinada em manual oficial do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e segue as melhores práticas internacionais, tendo sido elogiada por especialistas da World Trails Network como o melhor modelo em uso no mundo. Ela usa pegadas amarelas sobre fundo preto em um sentido e pegadas pretas sobre fundo amarelo no sentido inverso.

No projeto da REDE cada trilha regional tem sua própria pegada. Em Rio Bonito ela conta a própria história: A cidade vem despontando como destino dos esportes outdoor e turismo rural e de natureza. A pegada, que já representa o caminhante, aliou outros dois esportes presentes no município: o voo livre e o mountain bike.

Além disso, se fez valer do mapa da cidade para a figura central da pegada, e na extremidade inferior a silhueta da Serra do Sambê, remanescente da Mata Atlântica, e área de preservação do município que reúne um grande conjunto de trilhas locais. Além disso, é berço de importantes rios que servem de manancial para o abastecimento de água para diversos municípios da região.

Ao adotar uma sinalização padronizada tem-se também o resultado de criar uma identidade visual “Trilhas do Brasil”. Assim, uma simples fotografia de um turista publicada em uma rede social servirá para divulgar não apenas aquela trilha, mas toda a REDE e, consequentemente o país como destino ecoturístico. Os caminhantes, além de explorar, no melhor sentido da palavra, os percursos, também são responsáveis por deixar as trilhas limpas e conservadas.

Rede Brasileira de Trilhas – Criada em 2017, é uma iniciativa articulada a nível governamental, por meio da Coordenação-Geral de Uso Público do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), movida pela experiência da Trilha Transcarioca e outros cases globais, que iniciou o movimento para tirar do papel outros projetos de trilhas no Brasil. O movimento ganhou reconhecimento legal com a publicação da Portaria Conjunta (MMA/MTur) nº 407/2018, que instituiu a Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso e Conectividade – Rede Trilhas, inserida no Programa Nacional de Conectividade de Paisagens – CONECTA, instituído pela Portaria MMA nº 75/2018.

Mais notícias

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Rio Bonito - RJ

17°C
Clear sky

Menu

Atos Oficiais

Notícias

Busca

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura