Profissionais do magistério recebem gratificação tecnológica para atenuar os efeitos da pandemia

A gratificação tecnológica, uma das ações do Programa Conecta, começa a ser paga hoje para os profissionais efetivos do magistério. Os repasses foram organizados de maneira escalonada, cuja segunda etapa será realizada no próximo ano, com pagamento para os profissionais contratados e comissionados.

Há um ano e oito meses, o país era atingido pela pandemia do novo coronavírus. Frentes de trabalho foram afetadas pelo contágio e precisaram suspender suas atividades presenciais, a exemplo das unidades escolares. Os professores adquiriram equipamentos eletrônicos para ministrar as aulas via internet de suas casas.

O Programa Conecta tem como essência ser uma retribuição compensatória às intervenções realizadas pelo profissional com vistas a mitigar os efeitos decorrentes da pandemia em seu local de trabalho, provendo assim, meios necessários para o planejamento e a realização das atividades pedagógicas não presenciais ou híbridas.

“Durante todo o ano de 2020, estive como professor e senti a carência que os alunos, professores e as escolas tiveram em relação à tecnologia. Tivemos que aprender enquanto percorríamos o caminho. Hoje, essa gratificação vem atenuar o trabalho que vem sendo feito por cada profissional diante do cenário atual”, expressou Adalmir Cardoso, secretário de Educação de Rio Bonito.

O PAGAMENTO

O Programa Conecta gratifica o profissional em duas cotas. A primeira cota de R$ 2 mil (dois mil reais) é única e tem efeito de contraprestação ao trabalho já realizado ao servidor municipal durante o período de suspensão das aulas presenciais.

Já a segunda, é uma cota mensal de R$ 100 (cem reais) para cooperar com as despesas atuais, como mensalidade de provedor de internet ou materiais de papelaria e impressão. Essa cota mensal será atribuída para os servidores até que a pandemia perdure no Brasil.

QUEM SERÁ BENEFICIADO?

Os profissionais da Rede Municipal de Ensino beneficiados são: Professor I; Professor II; Professor II (D.A); Professor de Braile; Professor de Libras; Professor de Informática Educativa; Auxiliares de Educação Especial; Auxiliares de Educação Infantil; Orientadores Educacionais; Orientadores Pedagógicos; Supervisores; Coordenadores Articuladores; Psicólogos; Assistentes Sociais; Diretores; e, Diretores Adjuntos.

Contudo, profissionais que não estejam em efetivo exercício no âmbito das unidades escolares da Rede Municipal de Rio Bonito e na unidade administrativa da Secretaria de Educação de Rio Bonito, de acordo com o Art. 1 da Lei nº 2461/2021, não serão beneficiados pelo programa, exceto profissionais que estejam em licença maternidade, seguindo orientação da Procuradoria Geral do Município.

Estes profissionais são: cedido sem ônus para o município; readaptado; em convênio de permuta; em licença prêmio; em licença sem vencimento; em licença médica; e, em licença Administrativa.

“Nosso trabalho neste momento é buscar maneiras de reverter o impacto que a pandemia causou em nossas escolas, profissionais e alunos. Nossa gestão visa auxiliar e aprimorar toda a Rede Municipal de Ensino da nossa cidade”, disse o prefeito Leandro Peixe.

Mais notícias

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Rio Bonito - RJ

19°C
Clear sky

Menu

Atos Oficiais

Notícias

Busca

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura