Outubro Rosa: exames preventivos todos os dias nas unidades de saúde

A Prefeitura Rio Bonito, através da secretaria de Saúde, intensificou a campanha Outubro Rosa que, durante este mês, promove ações de conscientização sobre o câncer de mama. A campanha, que ocorre todos os anos, faz parte de um movimento mundial para promover maior acesso aos serviços de diagnósticos e prevenção à doença, contribuindo assim para a redução da mortalidade. Durante todo o mês de outubro, serão executadas diversas ações voltadas à prevenção do câncer de mama e do colo do útero, como exames, caminhadas, palestras, coleta e entrega de preventivos, entre outros, em várias unidades de saúde.

Para ampliar o acesso da população ao atendimento durante a campanha, a secretaria de Saúde ampliou e intensificou a marcação de exames preventivos, como mamografia da mama, fundamental para prever o risco de tumores em sua fase inicial. A marcação do exame preventivo pode ser feito todos os dias no Ambulatório Municipal Manoel Loyola Junior, nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF), e no Ambulatório Municipal de Boa Esperança. É necessário um pedido médico para realizar a mamografia para ser inserida nas vagas disponíveis no Posto Central do Município (SISREG).

Horário Estendido – Além disso, montou um cronograma de atendimento com horário estendido na Clinica da Família e nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) de Boa Esperança, Bela Vista, Praça Cruzeiro, Boqueirão e Parque Indiano. Nesses locais específicos, o horário de atendimento será estendido das 16 às 20 horas, principalmente para beneficiar as mulheres que trabalham e precisam fazer esses exames.

Dia D: As mulheres que trabalham e não tem a oportunidade de fazer o exame durante a semana, no sábado, dia 23 de outubro, acontece o Dia D de combate ao câncer de mama, com a realização de exames preventivos no Ambulatório Municipal Manoel Loyola Junior, na Mangueirinha, das 8 às 12 horas, além de palestras de orientação sobre prevenção ao câncer de mama e do colo do útero.

Caminhada do Outubro Rosa: Todos Contra o Câncer: esse é o slogan da Caminhada do Outubro Rosa, que acontece no dia 16 de outubro. A Concentração será na Praça do Green Valley, a partir das 8 horas. Depois os participantes seguem em direção a Praça Fonseca Portela, no Centro.
No dia 30 de outubro tem uma palestra sobre a Violência contra a mulher, ministrada pela Juíza Yedda Christina Ching San. O evento, que será realizado na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio Bonito, é direcionado para as servidoras municipais.

Os sinais e sintomas do câncer podem variar, e algumas mulheres que têm câncer podem não apresentar nenhum desses sinais e sintomas. De qualquer maneira, é recomendável que a mulher conheça suas mamas, e saiba reconhecer alterações para poder alertar o médico.

A Doença – O câncer de mama é o tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil, por isso a importância do diagnóstico precoce, já que um tratamento adequado aumenta significativamente as chances de cura. São vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver a doença, como fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ambientais e fatores genéticos/hereditários.

Mulheres mais velhas, sobretudo a partir dos 50 anos, são mais propensas a desenvolver a doença. Mas houve um aumento na incidência de câncer de mama em mulheres jovens na última década. Em mulheres com menos de 35 anos, a incidência no Brasil hoje está entre 4% e 5% dos casos.

Sintomas – A principal manifestação da doença é o nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor. Ele está presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher. Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja também é sintoma, assim como alterações no mamilo. As mulheres devem ficar atentas também se aparecer algum nódulo na axila ou no pescoço e a qualquer saída de líquido anormal das mamas. Vale lembrar que grande parte dos casos são assintomáticos.

Prevenção – O câncer de mama apresenta sinais e sintomas em suas fases iniciais. No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde, assim como a da Organização Mundial da Saúde, é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos. É nessa faixa etária que cresce a incidência da doença.

Contudo, entidades como a Sociedade Brasileira de Mastologia defendem a realização dessa radiografia das mamas anualmente a partir dos 40 anos.
Autoexame – O autoexame deve ser praticado mensalmente entre o 7º e o 10º dia, contados a partir do 1º dia da menstruação da mulher. As mulheres que não menstruarem devem escolher um dia do mês.

Mama – Para examinar a mama esquerda, coloque a mão esquerda atrás da cabeça e apalpe com a mão direita. Para examinar a mama direita, coloque a mão direita atrás da cabeça e apalpe com a mão esquerda.

Mamilo – pressione os mamilos suavemente. Verifique se há alguma secreção.
Axilas – após examinar as mamas, apalpe toda a área debaixo dos braços.

Texto: Denilson Santos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais notícias

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Rio Bonito - RJ

21°C
Scattered clouds

Menu

Atos Oficiais

Notícias

Busca

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura