Conferência Municipal de Saúde debate a participação social no SUS

Profissionais das áreas de saúde de Rio Bonito e representantes da sociedade civil participaram da 10ª Conferência Municipal de Saúde, realizada na sexta-feira (23/106), na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), das 8 às 18 horas. O evento, que contou com a participação do Senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), do prefeito José Luiz Antunes, do secretário de Saúde, Matheus Neto e de Promoção Social, Lilian Anunes, teve como objetivo avaliar a situação do setor de acordo com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), previstos na Constituição Federal e na Lei Orgânica da Saúde. Durante o evento também foram eleitos os novos membros do Conselho Municipal de Saúde para o biênio 2017/2019.

Com o tema “O Controle Social nas Políticas Públicas de Saúde”, a conferência também debateu o fortalecimento do SUS através da participação em conjunto dos usuários, profissionais de saúde e gestores. Secretária de Saúde de Rio Bonito entre 2008 e 2012, Maria Juraci De Andrade deu uma palestra sobre o tema fazendo um histórico do SUS, como funcionava antes de se implantado e suas responsabilidades. Em sua fala reforçou a importância da participação social.

“O SUS é nosso, por isso precisa ser construído com o apoio dos usuários, profissionais e gestores, através do diálogo e debates de ideias tendo em vista que as propostas discutidas na Conferência serão incorporadas no plano plurianual municipal”, disse Juraci.

 

O prefeito José Luiz Antunes disse que o tema da conferência é muito importante e conta com o apoio de todos para melhorar ainda mais a saúde.

“Saúde não se faz somente com  profissionais de saúde. Vai muito além disso. Se faz com o apoio de todos e é isso que esperamos para que possamos lutar pela saúde do nosso povo. Por isso as pré-conferências e a presença de todos aqui é muito importante. Fico feliz por este teatro estar cheio”, declarou Mandiocão.

Atual Secretário e Presidente do Conselho de Saúde, Matheus Neto fez um apanhado da situação da saúde do município encontrada no começo do ano, deixada pelo governo anterior – como patrimônios sucateados, instalações comprometidas e funcionários sem receber – e apresentou os resultados após seis meses da gestão.

“Grande maioria das nossas metas foram alcançadas. Nós temos hoje as unidades com seus quadros recompostos. A nossa meta é que na próxima semana a Clinica da Família, na Praça Cruzeiro, já esteja funcionando, dando referência a quatro unidades de ESFs, atendendo uma população de 14 mil pessoas com qualidade. Nós estamos aplicando a ciência, os princípios e os valores do SUS para que tudo funcione bem. Encontramos a UPA, que já foi uma das melhores, em situação precária. Nós fizemos uma reforma emergencial em algumas áreas e estamos qualificando a equipe. Tudo isso sem o recurso do Estado do Rio de Janeiro, que há 20 meses não faz o repasse. Mas com todas as dificuldades colocamos para funcionar com dignidade. Iremos dobrar o atendimento oncológico. Fizemos a contratação de especialistas. No dia de hoje nós iremos estabelecer novas metas com o apoio de todos os presentes.” Detalhou Matheus.

Depois da plenária de abertura, onde foi lido o Regimento Interno da Conferência, foram realizadas palestras com temas ligados a saúde. Após os debates temáticos e rodas de discussão em grupo, foi realizada a eleição dos Novos Membros do Conselho de Saúde.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais notícias

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Rio Bonito - RJ

20°C
Overcast clouds

Menu

Atos Oficiais

Notícias

Busca

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura