Capacitação sobre envelhecimento reúne profissionais de Saúde

Profissionais da área de saúde participaram de um curso de qualificação organizado pela secretaria de Saúde nesta terça-feira (1), no auditório do Centro Administrativo da prefeitura, na Praça Cruzeiro.  O evento, alusivo as comemorações do Dia Internacional do Idoso, contou com a palestra sobre “O processo demencial no envelhecimento e a importância do cuidado da memória”, ministrada pela Coordenadora do Departamento de Neurologia da Associação Médica Fluminense e Coordenadora Médica da Clínica Ego, Drª Vilma Duarte Câmara, que forneceu informações sobre o envelhecimento saudável e suas repercussões no bem estar físico, emocional e social, contribuindo para a prevenção de doenças ou suas complicações.

Durante a palestra, que contou com a presença da Coordenadora do Programa Saúde do Idoso, Cristiane Miranda Nunes Pena, da Coordenadora do Ambulatório Municipal Manoel Loyola Junior, a enfermeira Elaine Conceição Tavares, além da  psicóloga da equipe multidisciplinar do Programa do Idoso Márcia Torres Viviani, entre outros, a neurologista e geriatra Vilma Duarte Câmara abordou assuntos relativos à melhoria da qualidade de vida do idoso, como a importância sobre a atividade física, a sexualidade na terceira idade e o envelhecimento saudável.

“A Estratégia de Saúde da Família (ESF) tem mostrado a importância da aproximação dos agentes de saúde com as famílias. O desconhecimento de assuntos relacionados ao envelhecimento pode contribuir para um atendimento de má qualidade por parte dos profissionais que prestam assistência. Estes profissionais, se preparados para compreenderem o que é próprio do processo de envelhecimento e o que é patológico, certamente poderão contribuir para a detecção mais precoce dos problemas de saúde dos idosos”, afirma a médica.

 Demência – Dentre as doenças que afetam os idosos, a demência merece especial atenção, uma vez que interfere na capacidade funcional dos idosos. Estimativas apontam que no Brasil o problema afeta cerca de um milhão de pessoas.

“O Agente Comunitário de Saúde é uma importante ferramenta do ESF. São eles que fazem a ligação entre as famílias e o serviço de saúde, visitando cada domicílio pelo menos uma vez por mês; realizando o mapeamento de cada área, o cadastramento das famílias e estimulando a comunidade”, completa a Drª Vilma.

A coordenadora do Programa de Saúde do Idoso,  disse que o objetivo da capacitação é valorizar os profissionais que atuam diretamente com a comunidade

“O nosso objetivo é identificar o conhecimento dos agentes comunitários sobre envelhecimento e demência, para auxiliar as ações destes profissionais no dia a dia nas comunidades”, explica Cristiane Miranda.

O Programa de Saúde do Idoso funciona às terças, quintas e sextas-feiras, das 8 às 16 horas, no Ambulatório Municipal Manoel Loyola Junior, na Mangueirinha,

Texto: Denilson Santos

Fotos: Galileu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais notícias

Centro Administrativo

Ouvidoria Municipal

Rio Bonito - RJ

19°C
Overcast clouds

Menu

Atos Oficiais

Notícias

Busca

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura