Nota de Esclarecimento – Vacinação

A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, esclarece que o estoque de vacinas do município foi afetado devido ao não repasse das mesmas por parte dos governos Federal e Estadual. Segue abaixo a nota enviada pelo Ministério da Saúde:

DTP: não houve distribuição devido à indisponibilidade nos mercados nacional e mundial. A vacina pentavalente deverá ser utilizada temporariamente em substituição á vacina DTP. Pede-se para que as solicitações mensais sejam feitas considerando essa recomendação.

Tetraviral e varicela monovalente: a vacina tetraviral foi enviada aos estados das regiões Norte, Sul e Centro-Oeste. Para os estados das regiões Nordeste e Sudeste, houve envio da vacina varicela monovalente para composição do esquema alternativo de vacinação tríplice viral + varicela em substituição à tetraviral.

Vacina contra raiva em cultura celilar/VERO: não houve autorização junto aos demais imunobiológicos para a rotina de janeiro/2016 devido ao estoque reduzido ocasionado pelo atraso na entrega pelo Instituto Butantan, totalizando cerca de 500 mil doses. Na última semana de Dezembro/2015, cerca de 370 mil doses entregues pelo laboratório na Central Nacional de Armazenamento e Distribuição (Cenadi) tiveram baixa do termo de guarda, e deverão passar por análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), para então serem distribuídas aos estados.

Hepatite A rotina pediátrica: não houve envio devido à indisponibilidade de estoque. Foram recebidas cargas da vacina no país, no final do mês de Novembro/2015, as quais aguardam processo de desembaraço alfandegário, liberação de termo de guarda pela Anvisa e análise pelo INCQS, para então serem distribuídas aos estados.

Dupla adulto (dt): não houve envio devido à indisponibilidade de estoque. Cerca de 20 milhões de doses chegaram ao país no mês de Novembro/2015 e passam por desembaraço alfandegário, liberação de termo de guarda pela Anvisa e posterior análise pelo INCQS, para então serem distribuída aos estados.

Hepatite B: não houve envio devido à indisponibilidade de estoque ocasionada pelo atraso na entrega pelo Instituto Butantan, desde o mês de Agosto/2015, totalizando cerca de 17 milhões de doses. O laboratório formalizou por meio de ofício novo cronograma de entregas com a primeira data prevista para a segunda quinzena de Fevereiro/2016. Tão logo a vacina seja entregue e passe por análise do INCQS para controle de qualidade, será enviada às Unidades Federais.

DTPa – CRIE: a vacina não tem sido distribuída às Unidades Federadas desde o mês de Abril/2015, devido a problemas de abastecimento relacionados à produção mundial e indisponibilidade de fornecedores que possam atender à demanda brasileira.

Aguarda-se a previsão de embarque de novos lotes, que ao chegarem ao país, deverão passar pelo processo de liberação alfandegária, baixa de termo de guarda e análise pelo INCQS, para então serem distribuídos aos estados.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais notícias

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura

MENU

NOTÍCIAS

BUSCA