Câmara Metropolitana de Integração Governamental cria grupo de trabalho em Rio Bonito

247

Os secretários municipais de Rio Bonito participaram de uma palestra sobre a Câmara Metropolitana de Integração Governamental, órgão ligado ao Governo do Estado que visa promover a integração de políticas urbanas para maior integração entre as 21 cidades que compõem a Região Metropolitana do Rio. A palestra, realizada nessa quinta-feira (25) na sala de reuniões no prédio do antigo fórum, foi ministrada pelo diretor-executivo do órgão, Vicente Loureiro. A Câmara Metropolitana é responsável pelo ordenamento territorial, incluindo saneamento básico, destinação e tratamento de resíduos, drenagem e manejo das águas pluviais; além da mobilidade urbana e das contratações de serviços de comunicação digital.

Durante a palestra, Vicente Loureiro afirmou que irá montar um grupo de trabalho para auxiliar os secretários e técnicos do município na elaboração e realização de projetos. Ele explicou que o objetivo é estabelecer novas formas de governança e planejamento para promover o desenvolvimento integrado dos Municípios, com foco na mobilidade urbana, segurança, saneamento básico, uso do solo, saúde e educação. Juntos, os 21 municípios da Região Metropolitana, como Rio de Janeiro, Itaguaí, Seropédica, Nova Iguaçu, Paracambi, Japeri, Queimados, Mesquita, Nilópolis, Belford Roxo, São João de Meriti, Duque de Caxias, Magé, Guapimirim, Niterói, São Gonçalo, Cachoeiras de Macacu, Maricá, Tanguá, Rio Bonito e Itaboraí, somam quase dois terços da população do estado.

Cidade Inteligente – Dentre os assuntos abordados, a secretária de Turismo, Carmem Motta, pleiteou junto ao órgão a inclusão do município no projeto Cidade Inteligente, que utilizam dados e informações para tornar os centros urbanos mais eficientes. Nesse projeto, segundo a secretária, estão as principais iniciativas de desenvolvimento e integração em soluções de tecnologias da informação, que contribuem para melhorar os serviços públicos e beneficiar os moradores das cidades.

“Hoje, o cenário é desafiador: dificuldade na gestão dos resíduos, trânsito, poluição ambiental, segurança pública, fragmentação social e econômica. Com o apoio da Tecnologia da Informação e Comunicação, os municípios poderão dar um grande passo na qualidade dos serviços que oferecemos a população”, garante a secretária.

Participaram do evento a vice-prefeita Rita de Cássia Borges, além dos secretários municipais Ronem Antunes (Desenvolvimento Urbano), Glauco Azevedo (Fazenda), Ronaldo Elias (Planejamento), Bruno Soares (Desenvolvimento Econômico), André Luiz Álvares (Governo), Eleilton Figueiredo (Obras e Serviços Públicos), Márcio Soares (Ordem Pública e Gestão) e Carmem Motta (Turismo), entre outros.

Texto: Denilson Santos
Fotos: César Galeão