Semana do Microempreendedor Individual impulsiona abertura de novos negócios

O Programa do Sebrae foi desenvolvido para orientar os microempreendedores a planejar seu negócio e a desenvolver suas características como empreendedor.

Abrir seu próprio negócio ou simplesmente aumentar as taxas de lucros da sua empresa. Esses foram alguns objetivos que levaram cerca de 80 pessoas a participarem da Semana do Empreendedor Individual, realizada entre os dias 02 e 6 de junho, no Colégio Rio Bonito, numa parceria entre prefeitura de Rio Bonito, através da secretaria de Desenvolvimento Econômico, e o Sebrae-RJ. O Programa SEI do SEBRAE foi desenvolvido para orientar os microempreendedores a planejar e a desenvolver suas características como empreendedor. Durante o evento foram realizadas oficinas com objetivo de ajudar a melhorar os resultados, contornar problemas e a traçar o caminho para o sucesso dos negócios.

“Trabalhei em salão de beleza durante mais de 15 anos. Mas agora que abri meu próprio negócio, resolvi fazer o curso para aprender novas técnicas para atender melhor os clientes, organizar melhor o meu negócio e, consequentemente expandir a empresa e os lucros. Foi muito importante o que aprendi, onde pretendo colocar em prática não só na minha empresa, mas, principalmente, na minha vida”, afirma Alecssandra Dias, que pretende expandir o salão que abriu na Avenida Manoel Duarte.

Já empreendedora Cissa Ferreira disse que o curso preencheu todas as suas expectativas. Ela afirmou que as oficinas mudaram a sua visão em relação a compras e em termo de planejamento.

“Já fui empregada por cerca de 20 anos e agora resolvi abrir o meu próprio negócio. Pretendo colocar em prática o que aprendi no curso e abrir o seu próprio negócio. Antes faltava organização na hora de abrir e manter o negócio. Agora me sinto bem mais preparada para empreender nesse ramo de Buffet e ter uma melhor rentabilidade”, garante Cissa Ferreira, que já trabalha com o comércio de comida congela e salgados para bares e festas.

Quem é Microempreendedor Individual (MEI) – A pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário é considerado microempreendedor individual. Para se enquadrar nessa categoria é necessário faturar no máximo até R$ 60 mil por ano e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. O MEI também pode ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

A Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal possa se tornar um MEI legalizado. Entre as vantagens oferecidas por essa lei está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que facilita a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais.

“É muito importante a participação do microempreendedores de Rio Bonito que querem colocar o seu negócio na direção do sucesso. Além disso, o SEBRAE estará durante o evento oferecendo soluções personalizadas para cada negócio, através do diagnóstico empresarial para sua empresa”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Sebastião Moreira Silva.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais notícias

Últimas atualizações

– Altera página inicial
– Insere link para acesso a serviços
– Insere páginas de transparência e covid-19
– Insere subdomínio https://licitacoes.riobonito.rj.gov.br/

– Insere galeria de vídeos na página inicial
– Corrige alinhamento de elementos

– Altera textos e  layout na página de estrutura

MENU

NOTÍCIAS

BUSCA