Dia D de vacinação contra gripe será no sábado

1963

Campanha de vacinação termina no próximo dia 26 de maio. Crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e portadores de doenças crônicas também estão incluídos.

A secretaria de Saúde de Rio Bonito realiza no próximo sábado (13/5), o Dia D de mobilização da campanha de vacinação contra a gripe em vários postos de saúde do município. O público alvo da campanha, que começou no dia 17 de abril, são crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), idosos, profissionais da saúde, povos indígenas, pessoas privadas de liberdade e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade. O atendimento acontece das 8 às 17 horas em 14 postos de saúde (relação dos locais de vacinação abaixo). A população tem até o próximo dia 26 de maio, data que termina a campanha, para se imunizar.

Recomendações – Para pessoas que tenham apresentado febre recente, recomenda-se adiar a vacinação até que o estado de saúde melhore. Portadores de doenças neurológicas e síndrome Guillain-Barré devem consultar um médico antes de tomar a vacina. Quem possui histórico de alergia grave e prévia a ovo ou a algum outro componente da vacina não deve se vacinar. Além disso, para quem é doador de sangue, devem esperar cerca de 48 horas, após se vacinar,  antes de fazer outra doação.  A vacina disponível no SUS protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. É importante levar a Caderneta de Vacinação ou algum comprovante da situação vacinal à unidade de saúde.

Segundo a Coordenadora de Imunização da secretaria de Saúde de Rio Bonito, Jane Lima, a meta da campanha no município é vacinar cerca de 17 mil pessoas.  Os grupos prioritários devem se vacinar todos os anos, já que a imunidade contra os vírus cai progressivamente. Além disso, o vírus da gripe passa por mutações frequentes. Por isso, todo ano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) faz uma previsão de quais serão os vírus Influenza que devem circular no inverno do hemisfério norte e do hemisfério sul com base em amostras de pacientes coletadas em centros sentinela distribuídos em todo o mundo.

“A vacinação contra o Influenza é fundamental para evitar complicações decorrentes da gripe e doenças graves, como pneumonia. A vacina não tem nenhuma capacidade de provocar gripe, já que é composta apenas por partículas do vírus que são incapazes de causar qualquer infecção”, explica a Coordenadora de Imunização.

Relação de Postos de Saúde

  • Basílio
  • Parque Andréa
  • Ambulatório Boa Esperança
  • Boqueirão
  • Viçosa
  • Rio do Ouro
  • Rio Vermelho
  • Bela Vista
  • Colina
  • Sambe
  • Serra do Sambe
  • BNH
  • Nova Cidade
  • Ambulatório Loyola (Mangueirinha)

Quem pode receber a vacina

  • Crianças de 6 meses a 5 anos
  • Gestantes
  • Puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto)
  • Idosos
  • Profissionais da saúde
  • Povos indígenas
  • Pessoas privadas de liberdade
  • Portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade
  • Professores de escolas públicas ou privadas

Texto e foto: Denilson Santos