CAPS promove festa junina para os pacientes

20

A equipe do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Rio Bonito promoveu uma programação de atividades diferenciadas para os pacientes, por meio de uma Festa Junina, realizada na quinta-feira (10), a partir das 14 horas. A ação é uma forma de oferecer algo a mais aos pacientes atendidos, diferente da rotina dos tratamentos. A festa junina do Centro de Atenção Psicossocial contou com a tradicional quadrilha, com direito a casamento na roça, além de diversas comidas típicas. Os pacientes puderam se divertir com danças e apresentações, acompanhados sempre pela presença dos profissionais de saúde.

Atualmente o CAPS Rio Bonito, localizado na Avenida Vital Brasil, no centro do município, conta com 2.276 pacientes assistidos pela equipe multiprofissional, formada por médicos psiquiátricos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, assistentes sociais, psicólogos e terapeuta ocupacional. Como Rio Bonito tem menos de 100 mil habitantes, a cidade não conta com um CAPS AD, por isso dentre os usuários cadastrados estão também pessoas dependentes a drogas e álcool, que através de grupos e atendimentos familiares são assistidos em horário diferenciado de segunda a quinta-feira.

O CAPS – Um dos primeiros a ser implantado na região, o Centro de Atenção Psicossocial Dr. Cleber Paixão completou 15 anos de funcionamento em 2017, com o trabalho voltado para o atendimento às pessoas que sofrem com transtornos mentais severos e persistentes, oferecendo cuidados clínicos e de reabilitação psicossocial. O CAPS atende pacientes que oferecem riscos a si ou a terceiros, ou através de demanda espontânea, quando ocorre encaminhamento dos postos de saúde. Também realiza todo o trabalho terapêutico, incluindo a administração de remédios, passando pela terapia ocupacional, como a festa junina realizada hoje. Também oferece oficinas para geração de renda. O objetivo é dar todo o suporte que possa trazer o paciente de volta a sua atividade da vida diária.

Texto: Denilson Santos
Fotos: Galileu