Peça “A culpa é de quem” chega a Rio Bonito

15

Alunos de 26 escolas municipais assistiram, gratuitamente, a peça “A Culpa é de Quem”, realizada nessa segunda-feira (13), no salão da Igreja, no Centro, através de uma parceria entre a secretaria de Educação de Rio Bonito e o Programa Caminhos para a Cidadania, do Instituto CCR. As apresentações fazem parte das atividades complementares aos alunos de 4º e 5º anos de escolas participantes do programa. O espetáculo pretende contribuir para o desenvolvimento de um novo comportamento frente ao desgaste das relações sociais provocado pelo uso equivocado da tecnologia, conscientizando sobre a importância da atenção e do diálogo para o fortalecimento de bases como a família e as amizades. As apresentações, que aconteceram no horário da manhã (9h) e à tarde (14h), tiveram a participação de 520 alunos.

 

A peça teatral tem uma narrativa muito interessante. Um inspetor de alunos vê-se diante de um caso de bullying virtual em sala de aula, enquanto aguarda a chegada da nova professora para apresenta-la à classe. Diante do acontecimento, sugere uma atividade diferente na sala de informática: uma viagem virtual para resgate dos valores perdidos naquele dia. Sugados pelo computador, os alunos deixam de ser usuários externos e se tornam personagens de uma aventura cibernética em que o grupo deve trabalhar unido para desvendar enigmas relacionados a valores humanos.

 

O programa – Na área de abrangência da CCR ViaLagos, Caminhos para a Cidadania atende a mais de 14 mil alunos de escolas municipais de Rio Bonito, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Cabo Frio. Com esta importante parceria com as secretarias de educação, os alunos têm a oportunidade de reforçar e multiplicar, nas suas famílias e nas comunidades, os conceitos aprendidos em sala de aula, participando ativamente da sociedade como cidadãos éticos, conscientes e responsáveis por suas ações.

‘’A parceria com a CCR, através do programa Caminhos para a Cidadania, permite aos professores desenvolver e otimizar conteúdos de trânsito e meio ambiente, e o teatro reforça a aprendizagem pois ilustra o conteúdo, levando o conhecimento de forma lúdica para as crianças”, afirma a Coordenadora de Projetos e Programas da Secretaria de Educação de Rio Bonito, Marilene Mendes.

Texto: Denilson Santos
Fotos: César Augusto Galeão