Escolas fazem atividades em comemoração ao Dia Nacional da Saúde e Nutrição

29

Hoje comemoramos o Dia Nacional da Saúde e Nutrição, que faz parte do calendário do Ministério da Saúde. Esta data é importante para refletir como são feitas nossas escolhas, quando se trata de avaliar nossa alimentação. Afinal, essas escolhas estão intimamente relacionadas à nossa qualidade de vida. Foi pensando nisso, que as escolas municipais de Rio Bonito escolheram esse dia para trabalhar com os alunos o tema “alimentação saudável”.

Cada escola escolheu um assunto relacionado a esse tema para debater com os alunos. A Escola Casimiro de Abreu, por exemplo, o foco foi à prática de atividade física. Já no Raulbino Pereira aconteceram aulas sobre como preparar salada de fruta e palestra sobre alimentação saudável. Hoje as frutas fizeram parte de todos os cardápios das escolas.

“Essa data tem como objetivo conscientizar a população para a importância da saúde e da Nutrição e seus efeitos para promoção do bem estar e qualidade de vida. A data também como alertar sobre os benefícios de cultivar bons hábitos alimentares. Uma boa alimentação não se resume apenas em saciar o apetite. O mais importante é manter a saúde geral, por isso, uma alimentação saudável precisa incluir nutrientes necessários para bom funcionamento do corpo, contribuindo diretamente para o aumento na qualidade de vida das pessoas”, explica a nutricionista e responsável técnica do Programa Municipal de Alimentação Escolar (PMAE), Gabriela Sá.

Saúde e boa alimentação – A nutricionista esclarece que a prática da boa alimentação começa desde cedo, ao nascimento, com o aleitamento materno exclusivo até os 6 meses de vida. Após essa fase, a amamentação poderá ser feita de maneira complementar até os 2 anos. Em cada fase da vida (criança, adolescente, adulto ou idoso), o ser humano possui diferentes necessidades nutricionais. Muitos adultos obesos foram crianças obesas e é por essa razão que é importante ter um olhar mais cuidadoso com a alimentação. Pois neste inicio da vida há formação, crescimento e desenvolvimento celular, e as informações genéticas serão gerenciadas.

Alguns pais têm dificuldade em reconhecer que o filho está acima do peso. O excesso de peso e a autoimagem no futuro do individuo estará comprometida, podendo provocar problemas de saúde como o diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e a obesidade mórbida. Reduzir o consumo de alimentos processados e aumentar o consumo de frutas e verduras para algumas pessoas não é tão fácil. Pequenas mudanças na alimentação terão grande valor na prevenção de doenças crônico-degenerativas.

Texto Denilson Santos